Home Arquitetura & Construção 2016: ano de cores, texturas e tecnologia
2016: ano de cores, texturas e tecnologia

2016: ano de cores, texturas e tecnologia

0
0

O que vimos neste ano mostra que Brasília está entre os gigantes do segmento de arquitetura e decoração

Em poucos dias encerraremos mais um ano marcante e, por isso, hoje apresento aos meus leitores um balanço especial do segmento de arquitetura e decoração da cidade, que nos revelou estar em pé de igualdade com o mundo! Sim, em 365 dias de muitas mostras e exposições conferimos de perto tendências mundiais, como a exploração de design, cores, texturas e tecnologia, como nunca antes vimos. O ano não só foi positivo, como nos traz a certeza de um 2017 recheado de expectativas positivas com relação ao segmento que só cresce no mundo e na capital.

Entre as novidades que me encantaram neste ano, e que certamente farão parte de muitas propostas de interiores, está o uso de revestimentos fora das paredes. Na verdade o detalhe é que eles vão além e invadem os tetos, garantindo um visual ousado e original para salas, quartos ou demais ambientes em que forem explorados. Conferi a tendência na Artefacto, primeira grande mostra do ano que cobrimos de forma especial, na Casa Cor Brasília, entre tantas outras em que marcamos presença.

Outro destaque de 2016 também está relacionado aos papéis de paredes. Os revestimentos que vimos neste ano vão além de meros decorativos, passando a representar protagonistas dos ambientes. Coloridos, com formas geométricas ou estampas ousadas, os revestimentos revendidos em Brasília são os mesmos que encontramos pelo mundo, como os da gigante Cole & Son, exclusividade Artline na cidade.

A tecnologia também conquistou o seu lugar e esteve presente em grandes mostras e reconhecidos projetos. Além das cortinas Soft Cell, da Hunter Douglas, também revendidas pela Artline, a cidade recebeu de braços abertos novos sistemas de automação residencial da nova loja da Arte em Cinema, grife especializada em áudio ambiente, vídeo, iluminação e outras novidades e que coloca à disposição do brasiliense comodidades como sonorização em múltiplos canais e equipamentos de alta qualidade e estética arrojada que agradam em cheio o público da capital. Situada na QI 21, do Lago Sul, o showroom da empresa apresenta o que há de mais moderno neste segmento.

Apesar de toda a crise que passamos, o ano foi de fato positivo e empolgante para quem sabe e valoriza a arte de projetar com qualidade e conforto para usuários exigentes e que merecem o melhor do mercado. Espero que o ano novo seja cheio de novos projetos e realizações. Já estou fazendo um levantamento especial do que vai vir em 2017, fiquem ligados!

 

Arte em Cinema – Casa Diogo. Foto Clausem Bonifácio
Arte em Cinema – Casa Rodrigo. Foto Clausem Bonifácio
Cortina Soft Cell, revenda Artline. Projeto de Hélio Albuquerque e Sônia Peres. Foto Clausem Bonifácio
Papel de Parede Cole&Son, revenda Artline. Projeto de Rachel Fechina. Foto Clausem Bonifácio
Papel de Parede – Artline, com projeto de Renata Dutra. Foto Alan Santos
Auditório BACEN – Tecnologia Arte em Cinema. Foto Edgard Cesar
José do Egito
José do Egito Alves de Souza – Diretor-presidente ABCD EGITO Arquitetura Brasileira em Construção e Decoração www.abcdegito.com.br – [email protected]

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COLUNAS EM DESTAQUE

Powered by moviekillers.com