quarta-feira, 17 julho, 2024
More
    InícioDestaquesCurso sobre eficiência na piscicultura

    Curso sobre eficiência na piscicultura

    -

    Extensionista da Emater-DF Adalmyr Borges e o produtor Ademir

    O segundo módulo do curso Mão de Obra Eficiente na Piscicultura reuniu cerca de 30 produtores de diversas regiões do Distrito Federal, nesta sexta-feira (28), na propriedade do casal Ademir Gomes e Sônia Maria dos Santos Gomes, considerada uma unidade de referência em boas práticas na piscicultura pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater).

    O objetivo da visita à propriedade modelo em Ceilândia foi capacitar os participantes para a condução eficiente de fazendas de criação de peixes | Foto: Divulgação/ Emater-DF

    Na visita, os participantes conheceram o histórico da propriedade em Ceilândia que, antes de ser referência em piscicultura, trabalhava com hortaliças e tinha apenas dois tanques para peixes. “Eu fornecia para um grande supermercado, mas estava muito desgastante dar conta da demanda e as hortaliças exigiam muita mão de obra”, conta Ademir. A transição do cultivo de folhosas para a criação de peixes foi feita com a ajuda da Emater. Hoje, a família produz cerca de 10 toneladas de peixe por ano.

    Segundo Adalmyr Borges, responsável pelo programa de Aquicultura da Emater, o objetivo foi capacitar os participantes para a condução eficiente de fazendas de criação de peixes, abordando todos os aspectos, desde o planejamento da atividade, o manejo, a despesca e a comercialização. “Vimos os fundamentos sobre qualidade da água, alimentação, uso de energia elétrica e, em campo, mostramos como se aplica os conhecimentos teóricos de forma correta”, explicou Adalmyr.

    Durante a visita foram abordados aspectos práticos como medições para verificar o desempenho dos peixes e ajustes necessários para manter a qualidade da água. Além disso, foram demonstradas técnicas de despesca e as boas práticas para comercialização dos peixes.

    A produtora Iolanda de Lima, de Planaltina, tem procurado uma nova atividade para desenvolver na propriedade. “Meus irmãos já possuem produção e eu estou buscando informações de atividades que eu possa ter renda. Vir numa visita como essa é bom para ver na prática como um produtor está fazendo, mostrando do início ao fim como produzir e como comercializar o peixe no tempo certo”, relatou Iolanda.

    *Com informações da Emater-DF

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    -Publicidade -spot_img

    Últimas notícias