sexta-feira, 21 junho, 2024
More
    InícioBrasilSancionada a lei que ressuscita o seguro obrigatório

    Sancionada a lei que ressuscita o seguro obrigatório

    -

    A presidência da república sancionou a lei que cria o novo seguro obrigatório para veículos, ressuscitando com outro nome ao antigo Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT). A norma teve origem no Projeto de Lei Complementar (PLP) 233/2023, de iniciativa do governo, e também aumenta em R$ 15,7 bilhões o limite para as despesas da União. A Lei Complementar 207 foi publicada na edição do Diário Oficial da União dessa sexta-feira (17). A cobrança havia sido eliminada durante o governo de Jair Bolsonaro.

    A nova lei cria o Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT), que deverá ser cobrado anualmente dos proprietários de automóveis e motocicletas novos e usados.

    A Caixa Econômica Federal será a administradora do fundo desses recursos. A expectativa do governo é que o valor a ser cobrado fique de R$ 50 a R$ 60, segundo o relator da matéria quando aprovada no Senado, senador Jaques Wagner (PT-BA). 

    Elevação de gastos

    Além de criar o SPVAT, a lei altera o novo arcabouço fiscal (Lei Complementar 200, de 2023) por meio do que chamam de “emenda submarino” ao antecipar em dois meses a permissão para a abertura de crédito suplementar em caso de superávit fiscal. Segundo a estimativa do governo, a mudança permitirá o aumento nas despesas da União, o equivalente a uma estimativa de R$ 15,7 bilhões.

    Parte do dinheiro pode ser usada para compensar o corte de emendas parlamentares ao Orçamento (Lei 14.822, de 2024). Na mensagem de veto parcial ao texto do Orçamento (VET 4/2024), foi suspensa uma dotação de R$ 5,6 bilhões prevista para o pagamento de despesas sugeridas por comissões permanentes das duas Casas.

    O valor de R$ 3,6 bilhões será para compensar o corte de emendas imposto pelo VET 4/2024. 

    Fonte: Agência Senado

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    -Publicidade -spot_img

    Últimas notícias