0
0

   

Os vinhos melhoram com o tempo.

Mito ou verdade?

Este é um grande mito que se recusa a enfraquecer. Na verdade, são poucos os vinhos que conseguem envelhecer e atingir as qualidades e características desejáveis. Atualmente, a grande maioria dos vinhos, estão prontos para serem bebidos em um ano ou menos, após terem sido engarrafados.

Nesta edição será abordada o envelhecimento dos vinhos tintos, na próxima edição o envelhecimento dos brancos e rosés.

Os vinhos econômicos tintos de corpo leve e de baixo teor de taninos, como os produzidos com Gamay ou Pinot Noir mais simples, estão em seu auge quando ainda jovens e perdem suas principais características (frescor e sabor de frutas jovens) com o decorrer dos anos. Os aromas frutados, acompanhados de boa acidez, tendem a se apagar após dois ou três anos na garrafa.

Como regra geral, quanto mais caro o vinho, mesmo quando bem jovem, mais destinado ele é para o envelhecimento. Claro que essa regra não é absoluta, pois temos diversos vinhos como o champanhe e alguns vinhos fortificados que são caríssimos e estão prontos para serem consumidos assim que adquiridos.

Vinhos tintos jovens que foram produzidos para serem envelhecidos, contêm um complexo ainda indeciso de ácidos, açucares, pigmentos, taninos e todo tipo de composto de sabores, que ainda não estão na sua melhor performance. Os bons vinhos possuem mais destes elementos que os vinhos econômicos, e os melhores mais que os bons. Por este motivo, após anos, terão mais sabor, aroma e personalidade. No entanto, é necessário tempo e oxigênio (micro oxigenação) para os grandes vinhos chegarem a sua plenitude.

Em suma, um bom vinho tinto quando entra na garrafa, os taninos continuam a interagir com os pigmentos e com os ácidos para formar novos componentes e moléculas maiores, que, com o tempo, precipitam-se.

Então, em termos bem gerais, podemos dizer que vale a pena guardar o vinho certo para envelhecer. Selecione alguns óbvios candidatos para sua adega. Muitos deles irão evoluir por décadas, outros muito ocasionalmente por séculos.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNAS EM DESTAQUE

Powered by moviekillers.com