1
0

Venda casada

Você sabia que, ao comprar um produto ou contratar um serviço, não pode ser obrigado a levar outro junto?

Fique de olho!

A venda casada acontece quando o fornecedor de produtos ou serviços deixa condicionado que o consumidor só pode adquirir um primeiro se adquirir um segundo.

É uma prática proibida em nosso país, pois fere o código de defesa do consumidor. Um dos exemplos mais comuns que os brasileiros costumam denunciar como venda casada ocorre ao obter empréstimos em bancos, na maior parte das vezes, realizam o empréstimo na condição de o cliente contratar um seguro, ou outros serviços que o banco ofereça. Outro exemplo é o abuso das telefonias; só vendem o pacote de internet  se o cliente adquirir uma linha fixa. Absurdo! E a consumação mínima? Nenhum estabelecimento pode condicionar a entrada de um consumidor em seu espaço se pagar quantia mínima, determinando-lhe antecipadamente quanto tem de pagar antes de consumir. Permite-se apenas a cobrança de entrada, mas cobrança mínima de produtos, jamais.

O que fazer?

Não aceite essa determinação. Fale com o gerente ou diretor do estabelecimento e, se ainda assim for negada a venda do produto ou serviço de sua necessidade, denuncie imediatamente  aos órgãos de defesa do consumidor como PROCON, Ministério Público ou a Delegacia do Consumidor.

É um direito do consumidor adquirir apenas aquilo que ele deseja, sem a imposição do fornecedor sobre o consumo do cliente.

 

Todi Moreno

Especialista no direito do consumidor

 

(1)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *