A hora é agora!

A hora é agora!

2
0

19O mercado imobiliário começa a girar rapidamente em São Paulo e já respinga no DF

Se você é um investidor tradicional e quer diversificar a sua carteira de investimentos, é importante que tenha nela alguns imóveis que tenham rentabilidade. E esse é o momento. Por exemplo, hoje você compra um imóvel de dois quartos no Noroeste por R$ 850 mil e o aluga por R$ 3.5, pode aplicar esse dinheiro num investimento de baixo retorno, haverá ao final:

aluguel + a rentabilidade da aplicação +  a valorização do imóvel

Em aplicando esse montante total, você terá apenas a rentabilidade proporcionada pela aplicação. O dinheiro vai perdendo valor, pois ao longo de dez anos você terá os mesmos R$ 850 aplicados, diferente de um imóvel que tem a valorização natural do mercado. Isso se você tiver algum dinheiro guardado, pois você poderá financiar uma parte a taxas bem atrativas.

Já nos casos de imóveis do Programa Minha Casa Minha Vida a conta é um pouco diferente, pois as taxas de juros continuam a 4.5% a.a. (menos de 0.37% a.m.).

Vou demonstrar um caso prático: outro dia, um cliente me disse que tinha guardado R$ 70 mil na poupança, um rendimento de 0,35 a.m., ele me perguntou se era melhor deixar o dinheiro guardado para juntar mais e comprar à vista ou comprar agora, já que ele morava de aluguel, e pagava R$ 1.020 mensais. Como ele tinha uma renda de R$ 4.2 e ainda um pouco de FGTS, a prestação ficaria em torno de R$ 675 reais para um imóvel de R$ 144 mil.

Acontece que ele não queria abrir mão de morar mais perto do trabalho para adquirir um imóvel pelo programa, pois era longe. Eu disse a ele que essa oportunidade de mercado que estamos tendo agora não permaneceria por muito tempo e que se ele quisesse um imóvel era importante que fosse agora, pois não sabemos como o mercado se comportará nos próximos anos. Antes de você tomar a decisão, coloque num papel os prós e contras de cada situação e de continuar no aluguel.

O que muitas pessoas não entendem é a importância de abrir mão de algumas coisas em detrimento de outras, e dificilmente haverá 100% de satisfação, a não ser que se tenha muito dinheiro. Tudo que vamos fazer exige um pouco de doação, mas isso não significa que você precise sacrificar a sua família e morar o resto da vida de aluguel, a não ser que você realmente não tenha firmado raízes em nenhum local e isso não seja prioridade para você.

É essencial entender que as construtoras não conseguem viabilizar imóveis pelo programa em regiões muito próximas à área central de Brasília. Por exemplo, nem sempre você terá metrô por perto, comércio pujante, escolas ou qualquer estrutura que você tenha como primordial, pois tudo isso influencia no valor do m² e inviabiliza a comercialização. Pensar a longo prazo e racionalmente é fundamental na hora de tomar essa decisão, pois há a valorização do imóvel a médio prazo.

A inflação está controlada, o governo já anunciou que irá alterar o MCMV, as construtoras vão aumentar o valor do metro quadrado no ano que vem, em São Paulo o mercado imobiliário está acelerado, ou seja, se você quer investir ou mesmo sair do aluguel, a hora é agora.

(2)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *