Início DF Amigos da Saúde contra o Coronavírus
Amigos da Saúde contra o Coronavírus

Amigos da Saúde contra o Coronavírus

15
0

Hospitais e clínicas unem-se para prevenir a COVID-19 em atendimento

É normal que, em meio a maior pandemia do século 21, o medo tenha se transformado em um sentimento corriqueiro. Com isso, cuidar da saúde tornou-se um dilema. Afinal, como driblar o pânico de ser contaminado e ir a consultas ou exames? Como não negligenciar a saúde em tempos de COVID-19? Foi pensando nessas angústias da população que o Hospital Urológico de Brasília, a Perfecta Diagnóstico por Imagem, a Otorrino DF e o Visão Hospital de Olhos criaram o Amigos da Saúde.

A parceria entre as quatro empresas pretende levar saúde de qualidade aliada a protocolos de segurança, para que pacientes possam seguir tratamentos de rotina sem se preocuparem com a contaminação pelo coronavírus. “Nosso projeto tem como objetivo focar no atendimento em clínicas. Queremos que a pessoa se sinta segura nesses ambientes”, explica o Dr. Tarciso Schirmbeck, oftalmologista do Visão Hospital de Olhos. De acordo com o Dr. Geovani de Assis Pinheiro, médico urologista e diretor técnico do Hospital Urológico de Brasília, frequentar esses locais têm mais vantagens que uma emergência, por exemplo. “Aqui o paciente não tem contato com outros tipos de patologias, com outros problemas”.

A fim de garantir proteção, eficiência e conforto, os Amigos da Saúde tomaram as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Buscamos minimizar as falhas nos atendimentos e todos os profissionais estão paramentados com EPI’s (equipamentos de proteção individual). Ou seja, são lugares confiáveis que seguem com rigor os protocolos de segurança, evitando filas ou qualquer tipo de aglomeração. “As consultas estão sendo agendadas de 30 em 30 minutos e o início, de cada uma, está sendo alternado entre os médicos, para que os pacientes não cheguem juntos. Também sinalizamos as cadeiras para que seja respeitado o distanciamento”, esclarece o Dr. José Stenio Ponte Dias Filho, otorrinolaringologista responsável técnico da Otorrino DF.

Para ir aos exames e consultas é indispensável o uso de máscara, evitar tocar o rosto, manter-se a uma distância de dois metros do outro e respeitar as marcações no chão dos hospitais. Além disso, todas as clínicas estão equipadas com álcool 70% e em gel, e acompanhantes, se possível, devem ser evitados. Segundo o Dr. Philipe Cavalcanti, da Perfecta Diagnóstico por Imagem, além de todas as medidas de proteção adotadas, a clínica ainda conta com ambiente sanitizado, periodicamente, e entrega de exames online para médico solicitante e pacientes, evitando deslocamentos e reforçando a viabilização da telemedicina. “Estamos aqui para demonstrar credibilidade e compromisso com a saúde e a segurança dos brasilienses”.

(15)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *