Início Nutrição As festas de fim de ano não precisam ser um problema na sua dieta
As festas de fim de ano não precisam ser um problema na sua dieta

As festas de fim de ano não precisam ser um problema na sua dieta

2
0

Talyta Machado – Nutricionista CRN/1 15591

Academia Bodytech – Setor Sudoeste Quadra 301/302, Lote 3

Instagram/Facebook: @talytamac

Consultas: 61 99449-5532

 

 

Já ouviu aquela frase: “O problema não é o que você come entre o Natal e o ano-novo, mas o que come entre o ano-novo e o Natal”?

É uma sentença um pouco chocante, que remete uma ideia boa, porém traz também algumas situações erradas. Você não precisa se privar de tudo durante o ano todo, mas também não precisa comer tudo o que conseguir durante as festas de fim de ano. Entendeu a importância de não se ater a extremos?

Nas festas de fim de ano, além das duas comemorações principais: ceias de Natal e ano-novo, existem também as confraternizações paralelas, de amigos, trabalho, faculdade etc..

Desenvolver um relacionamento saudável com o alimento é o primeiro passo. É você saber e entender o porquê está comendo aquilo, o que você sente, qual o sabor.

Minhas dicas para que está em processo de emagrecimento, para as confraternizações paralelas: a confraternização é apenas alimentação, ou é pelo ano que se passou, pelos laços com as pessoas envolvidas? O que realmente vale a pena comer? Você está comendo porque tem aquilo, ou porque ama aquele alimento? Anote estas perguntas e reflita sobre elas, assim você terá uma observação melhor ao escolher o que comer.

Continue a se alimentar bem, e coma nestas confraternizações como um extra, uma degustação, não uma refeição. Evite por exemplo, as bebidas açucaradas (sucos industrializados e refrigerantes), parecem inofensivos um, ou dois copos, mas eles possuem um impacto enorme no seu processo. Hidrate-se com água.

Nas ceias principais: não se prive. Alimente-se bem no dia da ceia, durante o dia, evite acordar tarde e pular refeições. Curta a ceia com as pessoas que gosta, alimente-se com prazer. Sente à mesa, converse, participe das brincadeiras, aproveite o momento especial, que vai muito além de apenas comida, é um momento de comunhão.

No outro dia, nada de culpa, siga sua vida e coma normalmente e, assim que iniciar o novo ano, procure um profissional para te auxiliar mais ainda neste processo, e te dar autonomia e resultados satisfatórios. Boas festas

(2)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *