Início DF Brazlândia promove a terceira festa da goiaba
Brazlândia promove a terceira festa da goiaba

Brazlândia promove a terceira festa da goiaba

41
0

Para divulgar uma cultura importante para a economia da região, Brazlândia promove, de sexta-feira (9) a domingo (11) a terceira edição da Festa da Goiaba de Brasília. A Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão, no quilômetro 13 da BR-080, organiza e sedia o evento. A festa, na sexta-feira (9), começa a partir das 19 horas, e no sábado e no domingo, às 10 horas. A entrada é gratuita.

O cultivo da espécie já se consolida como tradição no local, segundo o presidente da associação, Takao Akaoka. “A festa é importante para que os produtores divulguem suas frutas e para que os encontros técnicos ajudem no avanço tecnológico da produção”, afirma.Com uma área de 280 hectares e 78 produtores, Brazlândia é referência na produção de goiaba no Distrito Federal. A produtividade da fruta na região está entre 30 a 40 toneladas por hectare. A safra ocorre entre fevereiro e abril, e a safrinha, entre setembro e novembro.

As principais variedades da fruta são a Pedro Sato, para consumo in natura, e a Paluma, voltada mais para a indústria. A Tailandesa e a Cortbel também vêm sendo desenvolvidas na região.

A Festa da Goiaba de Brasília é uma oportunidade para todos. Os produtores podem atrair novos mercados, e a população pode comprar diretamente deles. O governo de Brasília chega com o intuito de proporcionar informações técnicas a respeito do manejo.

Entre as atrações da festa está o espaço Empório da Goiaba. Vinte produtores rurais comercializarão doces, sucos, licores, tortas e geleias. O local terá ainda exposição e venda de flores, dentro da Florabraz, além da comercialização de frutas em geral.

Nessa quinta-feira (8), véspera da abertura da festa, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater-DF) promoveu o Encontro Técnico da Cultura da Goiaba.

A programação contou com a palestra Práticas Culturais para a Produção de Goiabas, ministrada pelo engenheiro agrônomo e doutor em fitotecnia Tadeu Graciolli Guimarães, da Embrapa Cerrados.

O produtor Silvio Takagi, de 60 anos, pretende participar da festa e do encontro técnico. Natural de Presidente Prudente (SP), ele desembarcou em Brazlândia há quase duas décadas para investir na comercialização de morangos. Há dez anos, aposta na nova cultura.

“Colhemos bem este ano. Tenho cerca de mil e cem pés, troquei o morango pela goiaba. É uma tradição sendo estabelecida: a segunda edição da festa foi bem melhor que a primeira, veremos como essa se sai”, afirma Takagi.

Como a Emater-DF, a Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, a Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa-DF) e a Administração Regional de Brazlândia são parceiros da iniciativa.

(Foto: Tony Winston/Agência Brasília)

(41)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *