Início Saúde Carboidratos: vilões ou mocinhos?
Carboidratos: vilões ou mocinhos?

Carboidratos: vilões ou mocinhos?

4
0

A nutricionista Isadora Fadul, do Centro Terapêutico Dr. Máximo Ravenna, tira todas as dúvidas sobre as biomoléculas mais polêmicas do mundo Em tempos de dietas low carb, o nosso querido carboidrato virou vilão. Mas será que ele realmente é tão mau assim? A nutricionista Isadora Fadul, do Centro Terapêutico Dr. Máximo Ravenna,
resolveu explicar tudo o que precisamos saber sobre ele.

Segundo Isadora, definitivamente, os carboidratos não são vilões da dieta. “Eles são nossa principal fonte de energia e, se utilizados em equilíbrio e com seleção de excelência, não são prejudiciais”, explica. Mas isso só acontece se a distribuição de macronutrientes – carboidratos, proteínas e gorduras – estiver equilibrada e ajustada para as necessidades do indivíduo.

Quanto à low carb, a vantagem é que a perda de peso é rápida. “Em geral, são induzidas por um processo metabólico chamado cetose, que inibe a fome do paciente e provoca uma maior redução de gordura corporal”, conta. Mas, nem tudo são flores: a desvantagem é a dificuldade em sustentar esse padrão alimentar a longo prazo, uma vez que ele não reeduca o paciente, e sim prioriza restrições alimentares.

Isadora salienta a importância de saber o que é índice glicêmico. “Ele representa a velocidade com que o alimento é capaz de aumentar os níveis de glicose circulantes na corrente sanguínea. A liberação rápida de glicose no sangue provoca aumento da produção de insulina e, a médio prazo, uma sobrecarga pancreática ou uma resistência insulínica. “ Para diminuir o índice glicêmico da dieta é necessário optar por carboidratos complexos, como frutas, verduras, raízes, tubérculos e leguminosas .”

E você deve estar se perguntando: e o glúten? Isadora garante que ele não faz mal àqueles que têm boa tolerância e digestão. “Mas ele não deve ser consumido por pacientes celíacos e deve ser evitado por aqueles que apresentam desconfortos gástricos”. E, por fim, os refinados – farinhas, no geral -, devem ser distribuídos na dieta de acordo com a necessidade energética diária da pessoa.

Serviço: Centro Terapêutico Dr. Máximo Ravenna
Endereço: Complexo Brasil 21 – SH/ Sul, Quadra 6, Conj. A, Torre E, Loja 4 Telefones: (61) 3030-
6350 / (61) 3039-8839 /(61) 3039-8840
Horário de Funcionamento: Segunda-feira à Quinta-feira 07:00 às 22:00 Sexta-feira 07:00 às 20:00
Sábado, Domingo e Feriados 08:00 às 13:00

(4)

Brazil Conference Harvard

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNAS EM DESTAQUE