Início Universo Pet Cuidado na Páscoa: chocolate é muito prejudicial para a saúde dos pets
Cuidado na Páscoa: chocolate é muito prejudicial para a saúde dos pets

Cuidado na Páscoa: chocolate é muito prejudicial para a saúde dos pets

15
0

Uma das épocas mais deliciosas do ano está chegando! Símbolo da Páscoa, o chocolate é uma das guloseimas mais amadas do mundo. São tantas variedades, que é impossível passar pelo período sem degustar alguma destas saborosas iguarias. Porém, mesmo com sua popularidade, o doce ainda gera várias dúvidas, e no caso de tutores de bichinhos de estimação a maior é: posso dar chocolate para meu pet? A resposta é: não! Chocolate é extremamente tóxico para os pets e podem levar cães e gatos ao coma e até mesmo à morte. Não ofereça chocolate aos animais.

É importante ficar atento e não deixar os doces acessíveis aos pets. Eles são atraídos pelo cheiro e pela embalagem e aproveitam de momentos de distração para comerem sem que os donos percebam. Outro ponto fundamental é não ceder aos olhares dos animaizinhos pidões.

O chocolate que tanto adoramos tem uma substância tóxica para os animais e pode causar sérios danos à saúde dos nossos bichinhos. A veterinária Lorena Bastos, da Clínica Salud Pet alerta sobre o perigo dos chocolates para os pets.

O fígado dos cães e gatos não metaboliza direito uma substância presente no chocolate, chamada teobromina, que está relacionada com a quantidade de cacau. Quanto mais cacau, mais teobromina o produto contém e mais tóxico ele é. A substância não é metabolizada pelo organismo dos pets, o que faz com que se acumule no corpo do animal dificultando sua eliminação. Essa substância no organismo pode causar contrações musculares, elevação da temperatura corporal, vômitos, diarreia, taquicardia e excitação nervosa. Em casos mais graves, pode ocorrer convulsões, paradas cardiorrespiratórias, podendo levar até à morte. A gravidade dos sintomas depende da quantidade ingerida.

Em caso de ingestão acidental, ou ao identificar qualquer um destes sinais no seu bichinho, procure um veterinário imediatamente. O médico irá avaliar as condições clinicas do seu pet para saber o nível de intoxicação e o tipo de tratamento adequado a ser realizado. Quanto antes o pet for atendido por um profissional, maiores as chances de reverter um possível quadro de intoxicação e menores serão os riscos de complicações fatais.

Petisco adequado

Para os donos que querem fazer um agrado para seus pets, já existem diversas opções de chocolates específicos para consumo animal. Recorrer a esses petiscos feitos especialmente para nossos fieis companheiros é a saída. Eles são livres da teobromina e os nossos bichinhos adoram! Mas lembre-se de que, mesmo sendo um produto feito para eles, não abuse da quantidade.

(Foto: Pixabay)

(15)

”CLDF”/

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *