Início DF Cuidados com o pet nas festas de final de ano
Cuidados com o pet nas festas de final de ano

Cuidados com o pet nas festas de final de ano

13
0

Final de ano chegando, árvores montadas, confraternizações com amigos e família e os nossos pets também fazem parte de tudo isso. Algumas situações de final de ano podem ser prejudiciais para a saúde dos animais e para todos poderem participar da diversão, algumas dicas e cuidados devem ser tomados.

– Presentes e roupas para os pets também entram na lista de compra do final de ano, mas é importante que sejam adequados para o seu animal, pois roupas e brinquedos humanos são muitas vezes inadequados e até perigosos. Caso deseje vesti-lo de forma especial procure roupas especificas e observe o conforto do animal com ele. Se ficar incomodado, melhor deixa-lo sem vestimenta ou adereço.

– Enfeites, árvores, luzes e embrulhos de presentes são uma tentação colorida para os animais, pois eles veem esses objetos como brinquedos. Quando possível, manter os animais fora de alcance e ficar sempre de olho quando estiverem próximos da decoração. Presentes geralmente ficam ao chão, caso seu animal seja bagunceiro ou muito curioso, mantenha eles em local alto. Esconda os fios das luzes, para que não tenha o risco de queimadura e choque elétrico caso tente morder o pisca-pisca. Também pode ser aplicado ao redor da arvore e presentes alguns produtos comerciais encontrados em lojas pet que tem objetivo de manter afastados do local. Não é indicado utilizar outros produtos, como pimenta, pois podem ser prejudiciais para o animal.

– Fogos de artificio e música alta são comuns nessa época e muitos animais podem ficar desesperados com a situação. É importante que haja um manejo comportamental desde antes dos eventos para que o pet não fique com medo no momento da comemoração. Talvez seja necessário associar treinamento, medicações e medidas preventivas para maior conforto do animal e do tutor. Não é recomendado que o animal que sabidamente tem medo de fogos fique sozinho ou que esteja em locais abertos, pois o risco de fuga e de ferimentos aumenta consideravelmente.

– Ceias são deliciosas e fartas, mas é importante que se mantenha a dieta normal do seu animal nessa época do ano. É importante resistir aos olhares pidões e instruir os convidados a não oferecerem nenhum alimento para o seu animal. Além disso deve-se ficar de olho naqueles mais espertinhos que furtam delicias escondidas.

Muitos componentes das festas de final de ano são indigestas para os animais e alguns são tóxicos, podendo levar rapidamente a graves intoxicações mesmo em pouca quantidade.

Alimentos gordurosos e condimentados podem causar vômitos e diarreia, além da possibilidade de pancreatite. Chocolates levam a intoxicação grave e algumas frutas secas e oleaginosas, como a uva passa e castanha, podem causar desde lesão renal grave à paralisia muscular temporária.  Ossos e pedaços grandes de carne podem causar obstrução ou lesão gastrointestinal.

Uma dica é buscar alimentos próprios para pets, como petiscos ou alimento úmido, e oferecer quando a ceia for servida, para que o animal participe da refeição também. Hoje há algumas empresas que oferecem panetones, biscoitos e bolos com preparações especificas para os animais.

Tomando esses cuidados as festas de final de ano serão só alegrias para a família toda!

 Serviço:

Pompeu Clínica Veterinária (61) 3711-9006/ 99277-2738

SHIN – CA 10 – Loja 12 – Lago Norte – Brasília-DF

pompeuveterinaria@gmail.com

(13)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *