Início DF Rural Emater-DF se prepara para Festa do Morango em edição online em setembro
Emater-DF se prepara para Festa do Morango em edição online em setembro

Emater-DF se prepara para Festa do Morango em edição online em setembro

0
0

O produtor Joaquim Máximo, de Brazlândia, mostra morangos cultivados em sua propriedade

A Festa do Morango de Brasília deste ano vai acontecer de forma virtual no mês de setembro, nos dias 11,12 e 13 e 18, 19 e 20 (sexta, sábado e domingo). A Emater-DF participará por meio de um site que trará notícias, palestras, vídeos, materiais técnicos sobre o cultivo e receitas.

O Distrito Federal possui 225 produtores cultivando a fruta em 173,95 hectares, sendo Brazlândia a principal região produtora. Em 2019 foram colhidas 7.212 toneladas de morango.

O número de produtores de morango em Brazlândia cresceu mais de 230% nos últimos 25 anos, quando foi realizada a primeira Festa do Morango de Brasília, em 1995.

 

Com o apoio da Emater-DF e de pesquisas agropecuárias, a cadeia produtiva vem se desenvolvendo na região com o uso de cultivares adaptadas à região, manejo de irrigação, cultivo protegido e controle biológico de pragas, por exemplo.

A programação do evento e a página da Emater-DF serão divulgados em breve. Aguarde.

O produtor Joaquim Máximo, de Brazlândia, mostra morangos cultivados em sua propriedade

Filhos deste Solo: Emater-DF e Associação de Jovens Empreendedores assinam parceria

Com o objetivo de desenvolver ações conjuntas para implementar um programa de inclusão socioeconômica para jovens rurais, a Emater-DF e a Associação dos Jovens Empresários do Distrito Federal (AJEDF) assinaram um protocolo de intenções. Durante o encontro, realizado na sede da empresa, a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, ressaltou que a parceria visa gerar experiências e oportunidades empreendedoras para filhos de produtores da capital.

“Esse é mais um passo que o programa Filhos deste Solo dá, com objetivo de levar um olhar diferenciado sobre empreendedorismo para os jovens do campo. Estamos batalhando por estes meninos, para que eles possam trabalhar com a terra, produzindo com qualidade, gerando renda, se desenvolvendo e se realizando em seus negócios próprios”, disse Denise.

Na reunião, o presidente da AJE, Ronan Pires, afirmou que a associação vai trabalhar junto com a Emater-DF para que os jovens do campo percebam as variadas possibilidades de empreender. “Vamos mostrar  o quanto vale o solo no mercado internacional e trazer essa perspectiva como negócio. À medida que ele descobre as possibilidades dentro da área rural e a proporção nacional e internacional que seu negócio pode ter, a realidade começa a mudar”, destacou.

Segundo a coordenadora do programa Filhos deste Solo da Emater-DF, Adriana Dutra, que esteve presente na assinatura, “a ideia é fomentar a participação dos jovens no agronegócio e ampliar a cosmovisão deles quanto às possibilidades de empreendedorismo juvenil”. “Queremos envolvê-los em rodas de conversa, oficinas, capacitações, feiras e até fortalecer a rede de relacionamento com jovens de outros países.”

A partir de agora, a Emater-DF e a AJE trabalharão de forma articulada para buscar alternativas de custeamento das ações previstas para implementação do programa, que consiste na qualificação de jovens do campo em empreendedorismo rural.

Grupo de estudantes do projeto Filhos deste Solo ao final de visita técnica à Fazenda Malunga

Filhos deste Solo

O programa de empreendedorismo rural da Emater-DF Filhos deste Solo tem como objetivo apoiar a permanência dos jovens no campo, com condições dignas, por meio de incentivo na condução de negócios bem-sucedidos, dotando-os de competências e habilidades, com novas perspectivas culturais, sociais e empreendedoras dentro da própria comunidade.

A capacitação de jovens na área rural faz parte das orientações do governo do Distrito Federal de instituir políticas públicas capazes de melhorar as condições de vida no campo e de garantir a sucessão rural nas propriedades agropecuárias.

 

 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *