Entrevista

Entrevista

0
0

Tiago e Felipe Fonseca

Diretores da The Drink Shop

 

Bebidas exóticas em Águas Claras

Cada vez mais, Águas Claras se consolida como um importante polo gastronômico do Distrito Federal. De franquias de restaurantes a empreendimentos próprios, o bairro tem atraído investimentos que atendem os mais variados gostos. Com ambiente ideal para quem aprecia um bom happy hour, a The Drink Shop é um destes locais. A loja une a criatividade e a ousadia de bebidas diferenciadas – de drinks a cervejas especiais – a um espaço aprazível, onde é possível ainda apreciar uma boa música.  A carta, cuidadosamente montada em parceria com o mixologista Avener Viera, possui variedade de sabores para os gostos mais exóticos, a exemplo da ousada caipirinha de pepino. The Drink foi concebida com o intuito de fugir dos modelos do comércio varejista de bebidas e, para isso, buscou um conceito que prioriza a proximidade com o cliente, oferecendo um ambiente agradável e convidativo, agregando o serviço ao produto. Comandada pelos irmãos e sócios, Felipe (atua no ramo de bebidas há mais de dez anos) e Tiago Fonseca (sommelier de cervejas), a loja foi então inspirada na vivência de ambos em viagens e em visitas a estabelecimentos similares – como as lojas de “dutty free” -, mas sempre com o toque original de cada um. Confira, a seguir, a entrevista com os dois irmãos e sócios:

Como surgiu a The Drink Shop?

Tiago Fonseca – No mercado de bebidas há mais de 30 anos, a atuação das empresas de nossa família sempre estiveram voltadas para o atacado. Esse foco começou a mudar em 2007, quando um espaço voltado para o varejo foi aberto em nossa atacadista. Com as experiências ganhas nesse espaço (e com outras ideias que surgiram), vimos o momento para a criação de um novo conceito de loja de bebidas. Com o intuito de fugir dos modelos existentes de comercio varejista de bebidas, buscamos um conceito mais próximos do cliente, que garantisse um ambiente agradável e convidativo, agregando, assim, o nosso serviço ao produto. E foi então que chegamos à The Drink Shop.

E as inspirações para esse conceito vocês também buscaram fora do Brasil? 

Felipe Fonseca – Seguimos uma linha original de conceito, mas fomos mais abrangentes e fugimos do ‘mesmismo’ do mercado. Algumas coisas, no entanto, não podemos negar, foram inspiradas em outros locais, muitos deles provenientes de nossa própria vivencia. O ambiente, por exemplo, possui inspiração em lojas que já visitamos, mesmo que de outros ramos. Comumente somos comparados a lojas de ‘dutty free’ e, de fato, esta foi uma de nossas inspirações, bem como tantos outros lugares. No entanto, buscamos dar nossos próprios toques a tudo que fazemos aqui.

Qual o diferencial da loja com relação às demais do mercado?

Tiago Fonseca – Dentre os diferenciais de nossa loja, frisamos que a experiência do cliente é o principal. Queremos que a vinda de qualquer pessoa à The Drink Shop se torne inesquecível, por isso investimos no bom atendimento, na consultoria dos produtos que estão à venda, na beleza do ambiente e na qualidade dos nossos drinks. Para nós, além de gostar, é importante que o cliente elogie, recomende aos amigos e volte outras vezes.

Felipe Fonseca – Grande parte dessa experiência é vivenciada no The Bar, espaço que proporciona a degustação e a aprendizagem de drinks. Fazemos questão de disseminar aos nossos clientes os nossos conhecimentos sobre as bebidas que vendemos e fazemos. Auxiliamos então na escolha da bebida, do presente ou mesmo na elaboração de drinks para uma reunião em sua casa.

SERVIÇO:

The Drink Shop

Onde: Lote 03 – Loja 05 – R. 12 Norte – Águas Claras

Tel.: (61) 3254 – 8788

E-mail: contato@thedrinkshopbrasil

Facebook: @thedrinkshopbrasil

________________________________________________________

PARABÓLICA ECONÔMICA

Varejo

Comércio deve vender 1,4% a mais em 2017

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) revisou suas expectativas para o varejo ampliado em 2017 de +1,2% para +1,4%. Para o conceito restrito, projeta alta de 1,0%. Segundo a entidade, o setor vem se aproximando da recuperação após três anos de quedas, mesmo que lentamente. Essa revisão ocorreu depois que a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nesta terça-feira (13) pelo IBGE, mostrou que, em abril, o faturamento do comércio varejista no conceito ampliado cresceu 1,5%, na comparação com março, já descontados os efeitos sazonais. Segundo o IBGE, essa foi a quinta alta registrada nos últimos seis meses e o segundo melhor resultado do varejo desde abril de 2016 – em janeiro deste ano, o varejo no conceito ampliado apurou variação de +3,0%. Nessa base comparativa, destacaram-se positivamente os ramos de vestuário e acessórios (+3,5%) e de equipamentos de informática e comunicação, cuja variação mensal observada em abril (+10,2%) foi a maior desde novembro de 2015 (+16,0%).

________________________________________________________

 Internet

Vendas do e-commerce crescem 5,1% no Dia dos Namorados

O e-commerce faturou R$1,71 bilhão, alta de 5,1% ante o mesmo período de 2016, aponta o monitoramento da Ebit, empresa referência em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. O número de pedidos cresceu 7,2%, para 4,070 milhões, e o tíquete médio foi de R$420.

Os smartphones, tradicionalmente o produto com maior volume de vendas do e-commerce no Brasil, lideraram a lista de presentes mais comprados para presentear os namorados. Completam o ranking dos cinco presentes mais comprados: livros, relógio de pulso, perfume e tênis.

Para Pedro Guasti, CEO da Ebit, o resultado está de acordo com a expectativa do mercado para a data. “Dos cinco produtos mais vendidos excetuando-se os smartphones, temos produtos com preços abaixo do tíquete médio de compras o que demonstra alternativas muito acessíveis para presentear os namorados em tempos de orçamento reduzido”, disse.

Ao contrário de outras datas, o monitoramento da Ebit mostra que o brasileiro não deixou para comprar o presente dos namorados na última hora. Os dias 05 e 06 de junho foram os que registraram as maiores concentrações de vendas.

Confira as cinco categorias mais pedidas:

O e-commerce faturou R$1,71 bilhão, alta de 5,1% ante o mesmo período de 2016, aponta o monitoramento da Ebit, empresa referência em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. O número de pedidos cresceu 7,2%, para 4,070 milhões, e o tíquete médio foi de R$420.

Os smartphones, tradicionalmente o produto com maior volume de vendas do e-commerce no Brasil, lideraram a lista de presentes mais comprados para presentear os namorados. Completam o ranking dos cinco presentes mais comprados: livros, relógio de pulso, perfume e tênis.

Para Pedro Guasti, CEO da Ebit, o resultado está de acordo com a expectativa do mercado para a data. “Dos cinco produtos mais vendidos excetuando-se os smartphones, temos produtos com preços abaixo do tíquete médio de compras o que demonstra alternativas muito acessíveis para presentear os namorados em tempos de orçamento reduzido”, disse.

Ao contrário de outras datas, o monitoramento da Ebit mostra que o brasileiro não deixou para comprar o presente dos namorados na última hora. Os dias 05 e 06 de junho foram os que registraram as maiores concentrações de vendas.

Confira as cinco categorias mais pedidas:

Subcategorias Share – Pedidos
Celular e Smartphone 16,8%
Livros 5,4%
Relógio de Pulso 5,1%
Perfume 4,8%
Tênis 3,2%

________________________________________________________

 

Moda


Highstil celebra primeiro ano de atuação em Brasília


Referência em moda masculina e maior produtora de pólos da América Latina, a Highstil realiza no próximo dia 22 um coquetel especial em sua loja no ParkShopping Brasília, celebrando seu primeiro ano de atuação como loja própria na capital federal. A partir das 17h, formadores de opinião, amigos e imprensa serão recebidos neste momento especial.

“Essa é uma data muito especial para a marca, que iniciou sua expansão através de lojas próprias no Centro-Oeste através dessa loja em Brasília”, destacou Ron Horovitz, diretor da Highstil. “Neste primeiro ano de atuação, temos conquistado o público brasiliense, exigente por vestir-se bem e com muito conforto e qualidade”, completa. Desde 1969 atuando no mercado de moda masculina, a Highstil tem como grande diferencial a produção vertical e 100% nacional de seus produtos – desde o cultivo de algodão na Bahia, passando pela fiação em João Pessoa, pela tecelagem e tinturaria no interior de São Paulo, e finalizando com a confecção na capital, que permitiu ser reconhecida pela qualidade de suas camisas polos e conquistar a expressividade que apresenta em mais 20 lojas próprias e 2.500 multimarcas pelo Brasil. Além disso, a Highstil acabou de inaugurar uma fábrica no interior de São Paulo para produzir também as melhores camisas do mercado.

_______________________________________________________

Franquia


Banco do Brasil lança nova estratégia para franquias

O Banco do Brasil apresenta nova estratégia de atuação tanto com franqueadores, como com micro e pequenos empresas (MPE) franqueadas. O objetivo é gerar negócios e se posicionar estrategicamente junto a um setor de menor risco, com alto potencial de crescimento em médio e longo prazo.

Atualmente, o banco conta com 41 grandes marcas conveniadas e mais de 3 mil unidades franqueadas correntistas. No país, este segmento de franquias tem um faturamento de mais de R$ 150 bilhões e gera cerca de 1,2 milhões de empregos. “Por conta das reformas que o País tem verificado na economia e pela característica empreendedora do povo brasileiro, inclusive fora dos grandes centros, a nova estratégia nos posiciona como grandes parceiros de um setor fundamental para geração de empregos e movimento da economia”, avalia o vice-presidente de Distribuição de Varejo e Gestão de Pessoas, Walter Malieni. O banco também está reformulando seu portal voltado aos empresário do setor (http://bb.com.br/franquia).

________________________________________________________

Gestão de Pessoas

IMEB está no ranking das melhores

empresas para trabalhar no Centro-Oeste

O IMEB (Imagens Médicas de Brasília) está entre as 40 Melhores Empresas para Trabalhar no Centro-Oeste. O reconhecimento é do instituto Great Place To Work, que este ano realiza a sétima edição da premiação, cujo objetivo é destacar as boas práticas de Recursos Humanos das organizações e valorizar a atuação dos seus colaboradores. A solenidade de entrega ocorrerá no dia 22 de junho, às 19 horas, em Goiânia (GO). É primeira vez que o IMEB participa do ranking, que contou com a inscrição de 110 empresas, entre pequenas, médias e grandes.

A conquista é fruto de uma política de gestão de pessoas focada no crescimento pessoal e profissional de sua equipe, e ainda na concessão de benefícios. Isso tem proporcionado, ao longo dos 29 anos de fundação da empresa, um ambiente de boas oportunidades e de excelente qualidade de vida.

Segundo Roosevelt Nunes, gerente de Recursos Humanos do IMEB, a comprovação desse resultado tem se dado por meio de pesquisas de clima organizacional. “Nossa política e cultura de valorização do colaborador, associada a ações de Endomarketing, têm conquistado bons frutos ao longo desses anos e transformado o IMEB em um excelente local para trabalhar. Para ter certeza disso, temos monitorado regularmente nossas práticas por meio de pesquisas de clima. Os resultados apontam que estamos no caminho certo”, afirma o gerente, que trabalha no instituto há mais de sete anos.

________________________________________________________

Flávio Resende e-mail: favioresende@gmail.com – Tel.: (61) 3242-9058

 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNAS EM DESTAQUE

Powered by moviekillers.com