Entrevista

Entrevista

7
0

Pandemia afeta os mais diversos tipos de relações jurídicas

Mariani Chater e Priscilla Chater

Sócias do Escritório Chater Advogados

A pandemia do novo corona vírus mudou a vida e, consequentemente, a rotina de muita gente, além de vários segmentos da economia. No ramo do Direito não foi diferente. Nesta entrevista ao Jornal do Planalto, as irmãs e sócias Mariani e Priscilla Chater, do escritório Chater Advogados, instalado no Lago Sul, em Brasília, contam um pouco destes desafios e de como enxergam as mudanças daqui para frente no Poder Judiciário.

Como a pandemia tem afetado o trabalho dos advogados no Brasil? Como vocês se adaptaram a esta nova realidade que estamos vivendo?

Há que se ter em mente que o Brasil, enquanto um país de dimensões continentais, apresenta características e realidades muito distintas em cada uma de suas regiões, o que, por óbvio, afeta a advocacia.

Com as medidas de prevenção ao contágio com o coronavírus, notadamente o isolamento social, temos visto a alteração de toda a rotina do advogado, que passou a depender integralmente da internet para realizar todas as etapas do seu trabalho: da captação de cliente ao julgamento de processos. E isso pode ser um grande dificultador para uma significativa parcela da advocacia que, muitas vezes, sequer possui acesso adequado à internet e se utiliza de salas fornecidas pela própria OAB nas Seccionais ou nos tribunais, atualmente fechados para atendimento presencial.

Tanto é assim, que o Conselho Federal da OAB criou o Fundo Emergencial de Apoio à Advocacia para minimizar os impactos da crise causada pela pandemia.

Felizmente, apesar de, num primeiro momento, termos experimentado uma redução do volume de trabalho com a suspensão dos prazos processuais, este foi restabelecido com a retomada dos processos eletrônicos. Inclusive, muitos tribunais têm noticiado o aumento de sua produtividade e cumprimento de metas durante a pandemia, o que reflete na nossa quantidade de trabalho.

Para nós, que primamos por um acompanhamento próximo e pessoal dos nossos clientes e das demandas a nós confiadas, a suspensão de atendimentos presenciais demandou grandes adaptações.

O primeiro desafio está na captação de clientes. Se antes, contávamos com uma prospecção pessoal, hoje, a produção de conteúdo de qualidade, que já era uma importante ferramenta, tem se mostrado fundamental.

Também tivemos que nos adaptar à realidade do teletrabalho, não só em nosso escritório, mas especialmente nos tribunais. Atos tipicamente presenciais, a exemplo de audiências, despachos e sustentações orais, estão sendo realizados através de videoconferência, o que nos parece ser muito positivo.

Qual a especialidade do Chater Advogados?

O nosso escritório atua nas áreas Cível, Empresarial e Imobiliária. Nós unimos a experiência que acumulamos ao longo de mais de dez anos atuando em outros escritórios e iniciamos o nosso projeto de vida, cuja premissa é a oferta de um serviço de extrema qualidade técnica, ético e comprometido.

Na opinião do escritório Chater Advogados, qual será a maior dificuldade do Poder Judiciário, com a retomada após a pandemia?

Acreditamos que o Poder Judiciário receberá um expressivo número de demandas relacionadas ao coronavírus. Afinal, a pandemia afetou os mais diversos tipos de relações jurídicas.

Com a devastadora crise econômica que estamos vivendo, é certo que muitas empresas ajuizarão pedidos de recuperação judicial e falência. No âmbito do Direito do Trabalho, apesar de todas as medidas adotadas pelo governo no sentido de manter empregos, sem dúvidas, também haverá um aumento da quantidade de processos.

A maior dificuldade será equalizar esses interesses que, apesar de contrapostos, basearam-se no mesmo evento inesperado e imprevisível, produzindo prejuízos bilaterais.

Quais as maiores dúvidas que o escritório tem esclarecido para os seus clientes durante a pandemia?

Seguramente, as relacionadas à revisão de contratos. A instabilidade e a insegurança geradas pela crise econômica que assolou não só o Brasil, mas o mundo todo, têm levado pessoas e empresas a renegociarem obrigações contraídas em outro contexto.

Temos atendido a consultas que vão desde a possibilidade de redução de aluguéis ao rompimento de contratos de fornecimento de combustível.

Qual a expectativa do escritório após a pandemia? Como vocês avaliam que serão as mudanças mais expressivas no âmbito jurídico?

A advocacia já estava vivendo um momento de grandes transformações antes da pandemia. O avanço da tecnologia e a própria mercantilização da profissão já impunham grandes desafios aos advogados.

Com a pandemia, é esperado que, assim como os mais diversos setores, os escritórios de advocacia promovam a redução de custos com estrutura física e invistam mais em tecnologia.

Assim como já vinha ocorrendo no serviço público, é provável que o trabalho remoto também passe a ser uma realidade para advogados.

Afora isso, acreditamos que toda essa sistemática promovida rapidamente, com o intuito de não paralisar o Poder Judiciário, seja mantida, especialmente as audiências e sessões de julgamento virtuais, a digitalização de processos físicos e os despachos virtuais com magistrados.

Por fim, é possível que a cultura da mediação e da conciliação ganhe ainda mais força no Brasil. Isso porque, a pandemia expôs a importância desses métodos alternativos de solução de conflitos, seja pela necessidade de se evitar um processo judicial, seja pelo fato de empoderarem os envolvidos, dando-lhes maior controle na solução. Nesse contexto, acreditamos que a advocacia preventiva ganhará espaço.

SERVIÇO:

Chater Advogados

Endereço: SHIS CL QI 9 Bl D sala 208 Brasília-DF

Tel.: (61) 3248-1027

Endereço: contato@chater.adv.br

__________________________________________________

Apps

Primeiro app de radioteatro

chega ao mercado com novidades

Já imaginou mergulhar na literatura por meio de um podcast de radioteatro? De maneira leve, descontraída e informal, clássicos literários poderão ser acessados a partir de agora pelo aplicativo “Palco Literário Digital”. O inédito app pretende reunir num cenário virtual os apaixonados pelos livros e artes cênicas, além de servir de suporte pedagógico para escolas e estudantes do Fundamental II e Ensino Médio, candidatos a concursos, vestibulares e Enem. O aplicativo está disponível na plataforma Android. O usuário baixa gratuitamente na playstore, compra a obra que desejar pelo valor de cinco reais (R$ 5,00) e pode ouvi-la por 24 horas. Os interessados podem degustar gratuitamente trailers de todas as obras. Em breve o app estará também na plataforma IOS. O Palco Literário Digital oferece ainda uma livraria virtual, com diversos clássicos (inclusive os já adaptados para podcast e outros que serão gravados) e todas as obras que poderão ser cobradas em concursos e vestibulares até meados de 2021.

__________________________________________________

Mercado de TI

Unentel agora em Brasília

A Unentel Distribuição, empresa com de 40 anos de experiência no mercado de TI, acaba de abrir uma unidade em Brasília. O objetivo é apoiar, de maneira mais próxima, os parceiros da região, como também gerar demanda e desenvolver o mercado para as fábricas que representa no Centro Oeste. “Nosso trabalho será focado em construir novas redes de contato e canais, visando ampliar a presença da empresa no mercado brasileiro, agora com mais este braço comercial que fortalecerá nossa capilaridade, sempre pautado nos valores que acompanham estes 40 anos de mercado”, destaca Frederico Passos, vice-presidente executivo da Unentel.

Sua atuação engloba consultoria, confecção de projetos, treinamento de canais de vendas e desenvolvimento de mercado para fabricantes, com foco comprovadamente diferenciado para o segmento de Comunicações Unificadas e Colaboração.

__________________________________________________

Comunicação

Público ganha novo canal de agroinfomação

 O canal AgroMais inicia suas transmissões no próximo dia 22 de junho com 100% da sua programação dedicada ao mundo da agroinformação. Com sede em Brasilia, a redação e os estúdios estão interligados às principais capitais agrícolas do Brasil e do mundo. Apresentado por um time de jornalistas especializados e comentaristas entre os mais renomados de cada setor, o AgroMais nasce com parcerias importantes como CNA/Senar, Embrapa, IPA, Sebrae e a consultoria Datagro, uma das mais influentes do mundo. O novo canal se posiciona como veículo de referência em jornalismo agro, seguindo modelo bem-sucedido do BandNews TV, BandSports, TerraViva, Arte1 e Smithsonian Channel. O AgroMais estará disponível também em multiplataforma digital, com conteúdo para internet, podcasts e aplicativo para smartphones, além de estar presente em todas as redes sociais (YouTube, Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn).

(7)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *