Início DF Intenção de consumo das famílias brasilienses é a maior desde março de 2015
Intenção de consumo das famílias brasilienses é a maior desde março de 2015

Intenção de consumo das famílias brasilienses é a maior desde março de 2015

6
0

O Índice de Consumo das Famílias do Distrito Federal (ICF-DF) teve alta de 3,9 pontos em janeiro de 2019, na comparação com dezembro do ano passado. Com o resultado, o indicador ultrapassou a zona de indiferença, de 100 pontos, registrando 102,5 pontos: o melhor resultado desde março de 2015, quando o ICF foi de 104,1. Já na comparação com o mesmo período do ano passado, houve um crescimento de 5,6 pontos. É o que mostra pesquisa divulgada pela Fecomércio-DF. Na opinião do presidente da entidade, Francisco Maia, os brasilienses estão mais confiantes após o período de incerteza política, diante de indícios de recuperação da economia local.

Presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia

“Os juros em queda e a inflação mais estável ajudaram a formar um cenário que acabou dando suporte à maior disposição das famílias para o consumo”, diz o presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia. “A pesquisa revela ainda que 76,4% dos entrevistados se sentem mais seguros no emprego em comparação com o mesmo período de 2018, esse resultado sustenta que a economia está se recuperando e as empresas não estão querendo mais demitir, fortalecendo o mercado de trabalho”, ressalta Francisco Maia.

A avaliação da renda atual também está elevada: 54,2% informam que a renda está melhor do que em 2018. A Pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) é um indicador com capacidade de medir, com a maior precisão possível, a avaliação que os consumidores fazem sobre aspectos importantes da condição de vida de sua família, tais como a sua capacidade de consumo (atual e de curto prazo), nível de renda doméstico, segurança no emprego e qualidade de consumo, presente e futuro.

(6)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *