Início Enogastronomia Macallan, o  “Rolls-Royce” dos uísques.
Macallan, o  “Rolls-Royce” dos uísques.

Macallan, o  “Rolls-Royce” dos uísques.

2
0

O THE MACALLAN é um dos mais premiados single malts do mundo. O prestigioso uísque com quase 200 anos de tradição é um dos mais desejados pelos exigentes e sofisticados apreciadores do malte sagrado, que adquirem edições comemorativas e limitadas em prestigiados leilões que chegam a custar milhares de dólares.

Breve história

A história começou em 1824 quando o fazendeiro escocês Alexander Reid se tornou um dos primeiros a conseguir uma licença oficial para produzir uísque em 8 acres de terra no nordeste do país ao longo do Rio Spey, em Craigellachie, na região de Speyside, considerada o coração da produção de uísque escocês e a origem dos single malts mais conhecidos no mundo. O nome escolhido, THE MACALLAN, derivava de dois termos gaélicos: “magh”, que significa um pedaço de terra muito fértil; e “ellan”, que significa de St. Fillan, um monge irlandês que viajou através da Escócia espalhando o cristianismo durante o século XVIII. Segunda a empresa, a primeira garrafa de uísque THE MACALLAN data de 1841. O negócio começou pequeno, fornecendo à vizinhança um uísque single malt que rapidamente alcançou fama por sua qualidade. Inicialmente, e durante mais de um século, seus uísques era envelhecidos somente em barris de carvalho espanhol de vinho xerez. Mais de uma década depois, em 1852, James Davidson se tornou proprietário da destilaria.

Em 1892, a destilaria foi novamente vendida desta vez para Roderick Kemp, considerado o grande arquiteto da ascensão da marca no mercado internacional. Nos próximos setenta anos a destilaria iria trabalhar para atingir a perfeição, fazendo com que o THE MACALLAN adquirisse uma reputação inquestionável como um produto de excelência, fundamentada em um compromisso de paciência, cuidados artesanais e tradição secular. A grande fama de ser um dos melhores uísques escoceses atingiu a destilaria nos anos de 1950 e 1960, quando começou a ser valorizado em outros países, principalmente na Inglaterra, tornando-se referência e sendo utilizado como base para composição de sofisticados blends de outras marcas tradicionais. Em 1979 a marca veiculou seu primeiro anúncio publicitário, próximo das palavras-cruzadas no jornal The Times.

Somente em 1999, após muitas tentativas de compra e sociedade com a destilaria, a prestigiosa destilaria THE MACALLAN foi adquirida pelo Grupo Edrington, também proprietário das marcas de uísques The Famous Grouse e Cutty Sark. A partir de então, os novos proprietários agregaram ainda mais qualidade ao produto, que passou a ser comercializado em diversos outros países fora da Europa, quando foi introduzido no Oriente Médio e na Ásia. Além disso, como uma ferramenta de marketing, foram implantadas as visitas guiadas a tradicional destilaria. A linha de uísques também foi ampliada com diversas edições especiais e limitadas.

Marca de luxo

A controvérsia final foi a recente reclassificação do whisky como uma marca de luxo. Há acusações de que o luxo simplesmente significa consumo supérfluo de produtos caros. A Macallan se defende dizendo que as pessoas estão cada vez mais interessadas nas histórias por trás das marcas, e o luxo está nas histórias, no que é falado, não é fútil. Também significa que as pessoas investem e acreditam que a Macallan gasta mais no seu whisky do que qualquer outro.

(2)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *