Início DF Mulheres no comando
Mulheres no comando

Mulheres no comando

24
0

* Janine Brito

Não fosse a ousadia da mulher desbravadora, ainda hoje não teríamos mostrado a força do empreendedorismo feminino e nem entrado no mercado. Se posso dizer que realizei algumas coisas por minha cidade, Brasília, é porque existe uma trajetória de mais de 30 anos de muito trabalho e coragem.
Evidentemente mulheres que lutaram por suas próprias conquistas sempre existiram. No entanto, ainda que elas estejam mais preparadas e menos vulneráveis, a questão é que enfrentam mais obstáculos do que os homens.

Os nomes que temos visto em cargos de liderança das grandes empresas refletem a força feminina crescente. Em geral, programas que encorajam a mulher a gerenciar o próprio negócio ou assumir altos postos, como se encontra facilmente no SEBRAE.

Algumas organizações têm olhado com mais atenção as mulheres que querem empreender. É claro que sempre extraímos coisas boas das oportunidades, mas encarar as tentativas e os erros como escada para o sucesso deixa os empresários muito mais confiantes. Eis uma grande vantagem da mulher de negócios sobre o homem: acreditamos que boa parte do sucesso alcançado é resultado das lições aprendidas durante os fracassos.

Temos vontade de vencer por mérito próprio e nos preparamos para isso. As mulheres estão nos bancos de faculdade e nos cursos profissionalizantes em busca do aprendizado e da qualificação. Quando faço palestras para o público feminino procuro incentivar as mulheres com ideias grandiosas e que acabam se perdendo por falta de investimento. Quero que elas trilhem o mesmo caminho que eu trilhei, fazendo com que pequenos investimentos se multipliquem rapidamente.

Nunca, em tempo algum, se valorizou tanto a autoestima feminina. Assim a probabilidade de formar mulheres capazes é grande e pode sair muito compensadora para toda a sociedade. Naturalmente, uma empresa que tenha mulheres na sua gestão apresentará resultados diferentes em termos de organização e sensibilidade. Respeitadas as diferenças biológicas, defendo que homens e mulheres possuem perfis e desempenhos diferentes na hora de comandarem suas empresas e isso eu conto, com detalhes, no livro que comecei a escrever. Aguardem!

Diretora executiva da Ferragens Pinheiro *

Foto: Cézar Rebouças

(24)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *