Início DesCONSTRUINDO com Elaine Carneiro O Coronavírus do mercado imobiliário
O Coronavírus do mercado imobiliário

O Coronavírus do mercado imobiliário

13
0

O mercado imobiliário parou?

Durante anos, nós corretores de imóveis sempre tivemos que nos adaptar ao ciclo (altos e baixos) do mercado imobiliário, mas esse ano, 2020, foi especialmente aguardado por nós como o ano de ascensão, atingiríamos tão logo o pico das transações do mercado imobiliário.

Vieram as festas de final de ano, férias, volta às aulas, carnaval e quando o mercado começava a aquecer, chega ao Brasil o Cororanavírus  e, de repente, tudo parou. No começo, estávamos perdidos, sem saber o que seria de nós – mais de 25 mil corretores, segundo o CRECI-DF; como agiríamos com essa pandemia? Como sobreviveríamos? Como lidaríamos com essa situação? Como alimentaríamos nossas famílias?  Como pagaríamos nossas contas?

Muitas dúvidas surgiam e algumas respostas foram chegando à medida que nos acalmávamos. O fato é que essa seria nossa realidade pelos próximos 3 meses, pelo menos. E então, começamos o home office. Muitos de nós não tínhamos problema com a disciplina exigida, alguns se adaptaram rapidamente, outros estão se adaptando.

Agora, vamos olhar para frente, começar a tirar algumas lições e a entender que é passageiro e em breve tudo voltará ao normal, pelo menos para parte da população. Isso porque, hoje, 6 em cada 10 brasileiros estão fazendo home office, e pesquisas apontam que 30% delas permanecerão desenvolvendo trabalhos de casa. As empresas já estão se adaptando e amadurecendo a ideia de que é possível ser produtivo mesmo de casa.

Mas dai nos perguntamos, qual seria a vantagem para essas empresas? Algumas economias, como: 1. De energia; 2. De água; 3. De produtos de manutenção como café, açúcar, água, produtos descartáveis; 4. De material de papelaria; 5. De manutenção de elevadores e de áreas comuns; e por aí vai.

Agora os profissionais, imaginem o que poderíamos fazer com o tempo economizado com o deslocamento; não gastaríamos mais dinheiro com os lanchinhos paralelos (quem resiste?); economizaríamos combustível, manutenção do carro, além de podermos aproveitar mais tempo com a família.

Muitas pessoas que estão de adaptando à rotina de home office não conseguem encontrar um espaço adequado em casa para desenvolverem seus trabalhos em casa. E o resultado de tudo isso? As pessoas estão começando a se movimentar para encontrar um imóvel que atenda a essas necessidades.

E estamos sendo demandados por atendimento via aplicativos de celular, vídeochamada, tour virtual e até mesmo atendimentos presenciais. Os clientes estão percebendo que os stands de vendas estão sendo devidamente higienizados e esterilizados seguindo todas as recomendações dos órgãos de saúde. Além disso, os corretores estão sempre com álcool em gel disponível e máscaras. Isso demonstra segurança para os clientes e os faz querer aproveitar, já que estão com uma agenda mais organizada para escolherem o imóvel que atenda tanto às necessidades de sua família quanto às suas necessidades profissionais.

Então, se você é uma dessas pessoas que precisa se adequar a essa nova realidade, nós, corretores de imóveis estamos de plantão home office para ajudá-lo nessa jornada.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *