Início DF O Hospital Santa Marta é recertificado pela Great Place to Work
O Hospital Santa Marta é recertificado pela Great Place to Work

O Hospital Santa Marta é recertificado pela Great Place to Work

10
0

O Hospital Santa Marta – HSM, localizado em Taguatinga Sul (DF), foi recertificado neste ano pela Great Place to Work – GPTW, na pesquisa de Clima Organizacional, que atesta as boas práticas em Gestão de Pessoas e qualidade do ambiente de trabalho. A pesquisa avalia o nível de confiança dos colaboradores em cinco dimensões: Credibilidade, Respeito, Imparcialidade, Orgulho e Camaradagem.

Daniely Zaranza – gerente de Gestão de Gente do HSM

Para a gerente de Gestão de Gente do HSM, Daniely Zaranza, os dois anos consecutivos de certificação têm significado importante para o Hospital, por elevar a Instituição a um novo patamar em gestão de pessoas. “É uma alegria para nós. Isso atesta o nível de excelência da Instituição no que diz respeito ao nosso ambiente de trabalho, onde há pessoas mais aderentes à nossa cultura e valores, e isso perpassa para o cliente com uma melhor experiência”, enfatiza.

O Hospital atua de acordo com as práticas culturais preconizadas pela GPTW, por acreditar nessa metodologia. Nesses dois anos de certificação, os critérios com maior índice de satisfação dos colaboradores foram Orgulho e Camaradagem.

“O orgulho está muito vinculado a um propósito, que está alinhado com valores e crenças do colaborador. Propósito é o direcionamento que se dá aos objetivos, aos sonhos e à carreira. Quem trabalha na área de saúde tem o propósito maior que é a vida, e isso é muito forte nas pessoas”, relata.

Sobre o critério da Camaradagem, Daniely afirma que ele está ligado aos relacionamentos e à confiança, que é uma das grandes tônicas da GPTW. “Para se ter um ambiente agradável, tudo passa pelas relações pessoais e isso se consolida pela confiança”, explica.

A metodologia GPTW contempla nove práticas para avaliar o nível de confiança nas instituições, que são: inspirar, falar, escutar, agradecer, desenvolver, cuidar, contratar, celebrar e compartilhar. “O nosso desafio é fazer com que isso seja prática, uma cultura. Por isso, cultura e clima caminham muito próximo”, avalia.

Entre as ações que o Hospital realiza para fortalecer o clima organizacional, estão os treinamentos e a gamificação. Outra estratégia em ação desde o ano passado é o programa Embaixador do Clima, com mais de 90 colaboradores voluntários. “Os embaixadores disseminam esse clima organizacional. Trazê-los para dentro das práticas faz com que se sintam empoderados, pertencidos e reconhecidos, tornando-se protagonistas. Somos facilitadores nesse processo”.

Daniely explica que a Análise de Necessidade do Clima – ANC – é outra ação que estuda os relatórios recebidos pela GPTW. “Com a ANC, nós observamos os pontos de melhoria de cada setor, então cada liderança com seus embaixadores ficam responsáveis por criar pelo menos duas ações de melhoria no ano, e nós acompanhamos essas ações por meio do farol do clima”, finaliza.

A CEO do Hospital, Luci Emídio (foto principal acima), afirma que a Instituição investe em um ambiente de trabalho cada vez melhor e isso beneficia a todos. “Acreditamos que isso contribui para o desenvolvimento pessoal e profissional do colaborador, além de trazer inúmeros benefícios também para a Instituição e, principalmente, para o nosso paciente”, conclui.

(10)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *