Início Enogastronomia O que é Denominação de Origem de um Vinho?
O que é Denominação de Origem de um Vinho?

O que é Denominação de Origem de um Vinho?

0
0

Etiene Carvalho – blogvinhotinto@gmail.com
Jornalista e editora do Blog Vinho Tinto
Sommelier Fisar, Especialista em Vinhos da França (FWS), especialista
em Vinhos da Califórnia (CWS) e (WSET)

 

 

Denominação de Origem  é a designação atribuída em vários países aos vinhos originários e tradicionalmente produzidos numa dada região, cuja qualidade ou caraterísticas se devem essencial ou exclusivamente aos fatores naturais e humanos do meio geográfico, e também a outros produtos que atendam a esse critério. O vinho é o produto que detém os principais sistemas de denominação de origem atualmente consolidados.

Em síntese, podemos dizer que é um protocolo de qualidade utilizado para atribuir normas de produção em regiões geograficamente delimitadas, determinadas em cada país. A ideia é assegurar a qualidade do vinho e a genuidade dos processos de produção. Essa designação varia de país para país, a fim de representar o nível máximo de qualidade do vinho.

A História

O primeiro registro encontrado de uma denominação de origem de vinhos data do século 18, em Portugal. O responsável pelo feito foi o então primeiro-ministro português, Sebastião José de Carvalho e Melo, mais conhecido como Marquês de Pombal. Foi ele quem criou, em 1756, a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, organização governamental que delimitava e reconhecia as áreas de produção de vinhos fabricados em Douro. Com o passar dos séculos, as normas de controle só aumentaram e passaram a qualificar os vinhos ao redor do mundo. Mais recentemente, em 2009, a União Europeia decidiu unificar as regras do sistema. O intuito da ação foi esclarecer a legibilidade dos vinhos frente aos exemplares do Novo Mundo, mas sem interferir bruscamente nas especificações de cada país.

Denominação de Origem no Brasil

O Vale dos Vinhedos (Rio Grande do Sul) é a primeira região com Denominação de Origem (DO) de vinhos no país, foi aprovada em 2012. Sua norma estabelece que toda a produção de uvas e o processamento da bebida seja realizada na região delimitada do Vale dos Vinhedos e também apresenta regras de cultivo e de vinificação.

Novidade

Recentemente, a equipe técnica responsável pelo Projeto de Pesquisa “Estruturação, qualificação e consolidação de Indicações Geográficas brasileiras de vinhos” fez a apresentação e a entrega formal de toda a documentação técnica  com o pedido de registro da Denominação de Origem de Espumante Natural Altos de Pinto Bandeira, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Muito em breve teremos uma nova Denominação de Origem brasileira.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *