Início DF Outubro Rosa dos animais!
Outubro Rosa dos animais!

Outubro Rosa dos animais!

9
0

 Os animais também tem Outubro Rosa! E a neoplasia mamária é o tipo de tumor mais comum em cadelas, sendo um pouco menos frequente em gatas. Esse tipo de câncer apresenta diversos tipos histológicos e, na sua maioria, se apresenta de forma maligna, na primeira consulta com o veterinário. Animais adultos a idosos, não castradas, são as mais afetadas e todas as raças, e sem raça definida, podem apresentar a doença.

            Segundo a veterinária Camila Maximiano, da Clínica Pompeu, os tumores de mamas têm características muito diferentes entre uma paciente e outra e cada caso deve ser avaliado individualmente. O diagnóstico clínico é realizado no exame físico no momento da consulta e os tutores podem perceber precocemente, fazendo um “autoexame” nas mamas dos próprios animais. É importante que o tutor palpe todas as mamas da cadela ou gata cuidadosamente, podendo aproveitar momentos de carinho no abdômen. Caso sinta qualquer nódulo, por mais pequeno que aparentar, o dono deve relatar ao médico veterinário para que o diagnóstico seja realizado o mais cedo possível. “Um fato importante em relação ao desenvolvimento de tumores de mama nos animais é a possibilidade de evolução de um nódulo benigno não tratado para um maligno. Como em mulheres o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento e para aumentar a expectativa de vida”, informa Camila.

            Nos animais em desenvolvimento de neoplasias mamárias está intimamente relacionado à hormônios sexuais, por isso a prevenção se baseia na castração, de modo a cessar os estímulos intensos desses hormônios. Há um mito de que a cadela precisa ter filhotes para prevenir, mas isso não impede ou diminui as chances delas terem câncer de mama. Outro ponto importante é o uso de vacinas anticoncepcionais, que aumentam drasticamente as chances de aparecerem nódulos nas mamas, além de outras doenças graves, como a piometra. “Por isso, hoje, indicamos a castração, entre o primeiro e segundo cio, para que haja total desenvolvimento no corpo dessas fêmeas, mas garantindo mínimas chances de terem tumor de mama”, explica a veterinária.

            O tratamento da neoplasia mamária mais indicado é a cirurgia, mas alguns casos podem ser indicação de associação com quimioterapia antineoplásica ou realizá-la isoladamente para casos que não são possíveis o procedimento cirúrgico, e o Oncologista Veterinário é o mais indicado para avaliar quais as possibilidades para o seu animal. “O câncer de mama em cadelas e gatas é uma doença frequente e grave, que não deve ser subestimada. A prevenção é o melhor caminho! Procure um médico veterinário e faça acompanhamento de rotina no seu animal”, conclui a oncologista Camila Maximiano.

Serviço:

Pompeu Clínica Veterinária (61) 3711-9006/ 99277-2738

SHIN – CA 10 – Loja 12 – Lago Norte – Brasília-DF

pompeuveterinaria@gmail.com

(9)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *