Início Artigos Por que a NBA é 10?
Por que a NBA é 10?

Por que a NBA é 10?

20
0

* Rodrigo Costa

No início da década de 80, na voz do icônico locutor esportivo Luciano do Valle, os brasileiros descobriram a NBA. De lá pra cá, a liga americana de basquete não apenas superou fronteiras como transcendeu limites. É esporte mas também é mídia. Evento, espetáculo, entretenimento. Moda, lifestyle, música. Jogo, game, VR. Rua, quadra, arena, estádio. Real e virtual. Analógica e digital. Pessoal, on demand, social. A NBA é 10!

Agora em outubro, como de praxe, começa o SHOWTIME… As equipes, renovadas, testam as suas contratações. King James sob os holofotes de Los Angeles. A logística reversa de Kawhi Leonard e DeMar DeRozan, o primeiro em Toronto e o segundo em San Antonio. DeMarcus Cousins defendendo a dinastia do Warriors. Novas e velhas rivalidades. Personagens de primeira grandeza e estreantes buscando espaço no estrelato. E o Brasil nesta história? O país se apresenta como o segundo maior mercado internacional para a liga americana, com uma base de fãs apaixonada pelos jogos e engajada nas redes sociais. THIS IS WAY WE PLAY.

O Brasil é o segundo maior mercado

internacional para a NBA.

Desde que acompanho a liga, não me recordo de nenhum grande hiato esportivo ou midiático. Magic Johnson versus Larry Bird, Lakers versus Celtics. Michael Jordan e Scottie Pippen, os Bulls contra quem viesse. Shaq e Bryant. Duncan e Robinson. LeBron e Wade. Curry, Thompson e Durant, Warriors versus Cavaliers. Máquina de produzir atletas, palco para promover estrelas, plataforma de pura adrenalina e diversão. Como definir tamanho sucesso? BIG. Não por menos, 39 jogadores figuram na lista da Forbes dos 100 esportistas mais bem pagos do planeta, reflexo da envergadura do negócio. E qual é a fórmula do encanto? As pessoas querem estar WHERE AMAZING HAPPENS.

A NBA é a Disney dos esportes e o basquete o

pivô de interação com o público.

A NBA é a Disney dos esportes e o basquete, segunda modalidade esportiva mais popular do mundo, com cerca de 3 bilhões de fãs globais, o pivô de interação com o público. NBA TV para assistir. NBA 2K para jogar. NBA Store para vestir. NBA House para visitar. NBA All-Star para divertir. NBA Cares para cuidar. Jr. NBA para descobrir. NBA Green para conservar. NBA 3X para interagir. NBA Fit para treinar. NBA Academy para instruir. NBA Voices para integrar. NBA Jam Session para ouvir. NBA Legends para recordar. ONE GAME ONE LOVE.

O mais importante da NBA, no entanto, são os vínculos emocionais. O filme promocional “Hands” define muito bem os contornos afetivos que o verdadeiro fã vivencia ao longo das suas experiências com a liga. Eu mesmo sou privilegiado neste aspecto, tendo tido a oportunidade de sentir de perto as emoções do All-Star Game em New Orleans, New York e Los Angeles, neste último acompanhado da minha filha que debutava na idade e no basquete americano. De assistir ao vivo o NBA Global Games no Rio de Janeiro, na companhia de outra filha, surpreendida com a altura dos jogadores. E até profissionalmente, de participar da assinatura do termo de cooperação e parceria entre a NBA e a Liga Nacional de Basquete – LNB, enquanto signatário pela equipe de Brasília ou de trabalhar para a realização do primeiro evento da NBA na capital do país, o NBA 3X.

Mais nada se compara às memórias da juventude, quando na tela da Bandeirantes, lá no início das transmissões da NBA na televisão aberta no Brasil, descobri a cadência e a magia do basquete pelas mãos de um armador de 2,06 metros que contrariava as leis da física e que me levou a torcer pelo Los Angeles Lakers desde então e para sempre. Aliás, só uma coisa supera: posar para foto ao lado do meu ídolo maior. I LOVE THIS GAME.

…………………………………………………………………………………………………..

* Rodrigo Costa é estrategista de marketing com atuações nas áreas de bens de consumo, educação, esportes, logística, tecnologia da informação e telecomunicações. Além de executivo, é sócio da RC Marketing e Consultoria.

(20)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNAS EM DESTAQUE