Início Saúde Saiba como ocorre a transmissão do coronavírus e os principais cuidados de higienização para evitar a transmissão do vírus
Saiba como ocorre a transmissão do coronavírus e os principais cuidados de  higienização para evitar a transmissão do vírus

Saiba como ocorre a transmissão do coronavírus e os principais cuidados de higienização para evitar a transmissão do vírus

6
0

A principal forma de disseminação do coronavírus (COVID-19) conhecida até o momento é de pessoa para pessoa. O individuo pode ser contaminado através do ar ou pelo contato pessoal com gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro ou até mesmo com o toque ou aperto de mão com a pessoa infectada.

Além disso, também é importante ficar atento para o contato com objetos ou superfícies contaminados, seguido de contado com a boca, nariz ou olhos. Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção. A transmissão do coronavírus pode ocorrer de forma continuada de pessoa para pessoa.
As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento por especialistas da área.

Quais são os principais cuidados?
É extremamente importante neste momento reforçar os hábitos de higienização, como lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Caso a pessoa não consiga lavar as mãos com sabonete com frequência e nos locais onde circula, é essencial adotar o uso do desinfetante para as mãos à base de álcool, conhecido popularmente como “álcool em gel”.

Também é importante evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel. Esse material deve ser jogado no lixo logo em seguida. São necessárias a limpeza e desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência. Caso o indivíduo esteja doente, a recomendação é ficar em casa.

Para os profissionais de saúde, recomenda-se o uso de máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção. São medidas médicas padronizadas para o contato com pessoas possivelmente infectadas e de contato pessoal com gotículas de salivas.

Estive com pessoas ou em locais com casos confirmados. E agora?
Os primeiros sintomas costumam aparecer entre 2 e 14 dias após a infecção pelo vírus. Portanto, a pessoa deve ficar atenta ao surgimento de: febre, tosse, dificuldade para respirar, entre outros. Caso apresente algum desses sintomas, deve-se procurar imediatamente uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e informar sobre o possível contato com a pessoa infectada ou se tem histórico de viagem para os países que estão com circulação do vírus.

(6)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *