Início Saúde Saúde bucal – dúvidas mais frequentes
Saúde bucal – dúvidas mais frequentes

Saúde bucal – dúvidas mais frequentes

14
0

Estresse pode causar mau hálito? Ansiedade, correria, preocupação e tempo são palavras determinantes de um dos males do século, o estresse. Causador de diversas reações no organismo, o estresse pode ser um fator decisivo quando o assunto é mau hálito. Na hora da tensão diária da vida moderna, o volume da saliva diminui (hiposalivação) e as substâncias ricas em enxofre aumentam, provocando a halitose, ou mau hálito.

Chupar balas ou mascar chicletes evitam o mau hálito? Não, pois a principal causa do mau hálito são as bactérias que se alimentam do açúcar contido nestes produtos. A sensação de hálito agradável só ocorre durante o uso dos mesmos.


Quando fazemos uma refeição e não temos uma escova de dente o que podemos fazer para higienizar a boca?
 Realize um vigoroso bochecho com água, isto ajuda, porém não substitui a boa e tradicional escovação.

Comer alternadamente alimentos frios e quentes causam algum mal aos dentes?  Evite ingerir alimentos muito quentes, em seguida de alimentos muito frios, ou vice – versa, pois podem ocasionar rachaduras no esmalte e danos à polpa dos dentes.

A alimentação fibrosa faz bem aos dentes? Sim, ela limpa os dentes raspando sua superfície e estimula a salivação. A alimentação fibrosa faz bem para todo o organismo.

Entre os alimentos adoçados quais são os mais prejudiciais para os dentes? São aqueles que aderem aos dentes e se mantém por longo tempo, como exemplo o pé-de-moleque, o quebra-queixo e outros, mas a bala por ser mais utilizada é um terror para os dentes.

Tomar antibióticos faz mal aos dentes? Na realidade, há apenas um tipo de antibiótico com efeitos colaterais que comprometem a estética dental: a tetraciclina. Ela é capaz de danificar o esmalte dentário enfraquecer, manchar e até mesmo alterar a cor dos dentes para um tom acinzentado.  Mas pode ficar despreocupado: todos esses efeitos colaterais representam um risco apenas enquanto o dente está em formação, ou seja, entre o quarto mês de vida intrauterina até aproximadamente os sete anos de idade.

Café prejudica os dentes? Sim, porque normalmente é adoçado com açúcar e, além disso, diminui a salivação e mancha restaurações.

Existem alimentos que protegem nossos dentes a cárie? Sim, leite, queijo e iogurte são ricos em cálcio e fósforo, minerais essenciais para a formação estrutural dos dentes. Possuem proteínas que diminuem a acidez bucal e protegem o esmalte do desgaste. Peixes e furtas também protegem os dentes.

É normal acumular alimentos entre os dentes? Não. Os alimentos comprimem a gengiva provocando sua inflamação. Caso isto esteja acontecendo com você, procure imediatamente um cirurgião-dentista.

O que é língua presa? Língua presa (freio lingual curto) é uma alteração que já nasce com a pessoa, provoca dificuldade na fala e má posição dos dentes. Ela pode ser curada com a realização de uma cirurgia simples, feita no próprio consultório do cirurgião-dentista.

Basta fazer está cirurgia para solucionar o problema? Em alguns casos, é necessário o acompanhamento de um profissional em sessões de fonoaudiologia para restabelecer a pronúncia correta de certas palavras. Vale investir neste tratamento, pois por ser simples, livra a pessoa de importunos no futuro, tais como ser prejudicado em sua profissão pela má pronúncia de palavras.

O dente do siso sempre deve ser extraído?  Não. Os dentes sisos apenas devem ser extraídos quando podem apresentar problemas futuros para o paciente, ou quando provoca dores e infecções recorrentes, cistos, tumores, gengivites ou cáries profundas. Todavia, é o cirurgião-dentista que deverá avaliar a situação e designar o tratamento adequado para o caso.

Quando a dentição de leite está completa? Ela estará completa entre os dois anos e dois anos e meio.

O que é placa bacteriana? Qual a sua importância na formação da cárie?  Trata-se de uma película pegajosa e incolor, constituída de bactérias e açúcares que se forma sobre os dentes. É a principal causa de cáries e gengivite. Se não for removida diariamente, endurece e forma o tártaro.

O que é tártaro?   Também chamado de cálculo dental, é a placa bacteriana ou biofilme dental que endurece na superfície dos dentes. O tártaro também pode se formar sob a gengiva e irritar os tecidos gengivais. Além disso, o tártaro dá à placa bacteriana um espaço maior e propício para o seu crescimento, o que pode levar a problemas mais sérios como a cárie e gengivite.  O tártaro não só prejudica a saúde dos seus dentes e gengiva, mas também é um problema estético. O tártaro, por ser poroso absorve as manchas com mais facilidade. Assim, para aquelas pessoas que fumam ou tomam chá ou café, é ainda mais importante que evitem a formação do tártaro.

Minha gengiva sangra, isto é normal?  Sempre fique atento a sangramentos gengivais. Caso eles ocorram, mesmo que em pequeníssimas quantidades, procure imediatamente o cirurgião-dentista, pois se não for tratada a origem, pode levar ao desenvolvimento da doença periodontal, a qual causa o amolecimento dos dentes. Esta é uma doença que muitas vezes instala-se na juventude, mas mostra suas sequelas por volta dos 30 aos 40 anos e quando a pessoa percebe geralmente já é tarde.

A gravidez enfraquece os dentes e por isso há maior risco para o surgimento de cáries? Não. Durante a gestação pode haver agravamento das condições da má saúde oral, mas por si só a gravidez não aumenta a incidência de cárie dentária. 

Durante a gravidez os dentes enfraquecem porque há perda de cálcio para o bebê?
Não. O cálcio está presente nos dentes da mãe, de forma estável e cristalina, não sendo disponível para a circulação sistémica. Vale repetir que a  gravidez não propicia aumento de incidência de cárie dentária.

No caso da grávida sentir dor de dente, que medicamento pode ser usado? Nunca se automedique. A grávida deve consultar um cirurgião-dentista para que lhe seja prescrita medicação ou realizados os tratamentos dentários adequados que solucionem a situação dolorosa.

LEONARDO HENRIQUE NÓBREGA GOMES

Cirurgião-Dentista – CRO/DF 10649

Especialista em Cirurgia Bucal, Prótese e Dentística 

 

(14)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COLUNAS EM DESTAQUE