SBPE X IPCA

SBPE X IPCA

5
0

Conheça um caso real de um cliente, que pode ser aplicado a você

Assim que o governo federal anunciou as mudanças das taxas de juros para contratação de crédito imobiliário, um cliente me procurou, pois estava interessado em comprar um apartamento. Como muitos sabem, sou corretora de imóveis e trabalho com os segmentos Minha Casa Minha Vida (MCMV) bem como médio e alto padrão.

Pois bem, o imóvel que o interessou é vendido na modalidade MCMV, mas é possível ser adquirido por meio de outros sistemas. Ele é casado, tem um filho, está na casa dos 40 anos, possui renda de R$ 12mil, e tem disponível R$ 64mil para dar de entrada. O empreendimento o chamou atenção por estar numa localização específica, onde disponho de apartamentos em condomínios fechados, com área de lazer completa.

Para essa renda, foi possível lhe apresentar dois planos de pagamento: um pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE); e outro pelas atuais regras atreladas ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

No SBPE, com uma entrada de 64 mil e financiamento em 420 meses, a prestação ficou cerca de R$ 800 reais, a uma taxa de 9,33% a.a, sendo elas decrescentes. Já pelo IPCA, a prestação ficou na casa dos R$ 500 reais a uma taxa de 4,84% a.a, em 360 meses, também decrescentes. Nesse caso, há vantagem em se adquirir pelo IPCA. Além disso, o cliente poderá quitar o apartamento de forma antecipada com recurso que receberá nos próximos dois anos.

Deve-se atentar para o fato de que o IPCA é um índice que sofre variação mensal. Hoje a inflação no Brasil está controlada, por isso essa taxa de juros. Em que pese as projeções do Banco Central apontarem para baixos índices inflacionários, isso não garante que daqui a três, quarto, cinco anos, estará o mesmo valor (pode melhorar ou piorar), por isso, é preciso se programar e se organizar de maneira que você esteja preparado para quaisquer eventualidades, afinal, não é confortável ficar no aperto.

Mas o que são essas taxas?

SBPE nada mais é do que o uso dos recursos alocados na caderneta de poupança. Parte desse recurso é utilizado pelas instituições financeiras para conceder crédito imobiliário, é uma forma de empréstimo para conseguirmos comprar o nosso tão sonhado cantinho.

Já o IPCA é um índice criado para medir a variação de preços do mercado para o consumidor final, que representa o índice oficial de inflação no Brasil e é medido mês a mês pelo IBGE. Despesas como moradia, alimentação, saúde, higiene pessoal, dentre outros, podem sofrer alterações ao longo do ano, as quais são representadas pelo IPCA.

Se você quer saber como as novas regras de taxas de juros podem impactar na aquisição de seu imóvel, procure um corretor e peça ajuda.

 

 

(5)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *