Início Universo Pet Você está em dia com a saúde bucal do seu pet?
Você está em dia com a saúde bucal do seu pet?

Você está em dia com a saúde bucal do seu pet?

5
0

 

A higiene bucal é essencial para manter a boa saúde dos animais de estimação, além de evitar o mau hálito e manter os dentes fortes e protegidos, também previne doenças mais sérias

Não é só de banho e pelos bem cuidados que vive um pet. Para ter uma vida saudável é muito importante também incluir na rotina de cuidados, desde cedo quando ainda filhotes, o hábito da escovação dos dentes que irá ajudar na prevenção de diversas doenças.

Doenças bucais, frequentes em gatos e cachorros, podem apresentar diversas infecções que requerem tratamento de um veterinário. Retenção de dentes de leite, fraturas dentárias, de mandíbula e câncer, por exemplo, são alguns dos problemas que podem aparecer ao longo dos anos.

A halitose (doença periodental), alteração do hálito que afeta 4 entre 5 animais adultos, aparece quando falta frequência na escovação dentária e pode ser um alerta de que algo não vai bem. Segundo o parceiro da COMAC (Comissão de Animais de Companhia do SINDAN – Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), o médico veterinário especializado em odontologia veterinária Dr. Leon diz que “A halitose não chega a ser uma doença, mas sim um sintoma de que algo está errado na boca.” E completa: ”A halitose não é transmissível e é o principal aliado do dentista veterinário para o diagnóstico”.

Dr Leon afirma ainda que um erro muito comum é tratar o sintoma e não a doença. Não adianta usar gel, espumas, líquidos ou nos piores casos, antibióticos, porque tais atitudes irão apenas inibir a halitose e não curar a causa real que está por trás desse problema.

Uma das dúvidas mais frequente é sobre se a alimentação pode causar problemas orais ou dentários. De acordo com o Dr. Leon, “não importa se o paciente come alimento caseiro, ração seca ou alimento úmido, a chance de desenvolver doença periodontal, acúmulo de tártaro e gengivite é a mesma. A doença periodontal começa com acúmulo de placa bacteriana sobre os dentes e esta película aderida deve ser removida na escovação dentária diária. O tipo de alimentação não tem quase nenhuma influencia sobre este processo”.

O tratamento indicado pelo Dr. Leon é dividido em dois momentos. O primeiro é acontece em casa, quando o tutor deve ser o responsável pela limpeza dos dentes seja com uso das cerdas de uma escova indicada para animais ou com uma gaze enrolada no dedo. Essa escovação pode ser feita uma vez ao dia.

Um segundo momento é com a ajuda de um médico veterinário especializado no assunto para realizar uma limpeza dentária profissional que inclua raspagem e polimento dentário, radiografias, extrações, etc. Segundo o veterinário, o ideal é levar o pet para avaliações anuais.

Ficar atento e cuidar bem dos dentes do pet promovem qualidade de vida e bem estar animal.

(5)

”CLDF”/

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *