terça-feira, 16 julho, 2024
More
    InícioBrasilLula, Marisa e Palocci são indiciados pela Polícia Federal na Lava Jato

    Lula, Marisa e Palocci são indiciados pela Polícia Federal na Lava Jato

    -

    Lula já é réu na Lava Jato (Nelson Almeida/AFP)

    Investigação apura dois casos que envolveriam pagamento de propina da Odebrecht para o ex-presidente, que já foi alvo de quatro denúncias

    A Polícia Federal indiciou nesta segunda-feira o ex-presidente Lula, sua mulher Marisa Letícia, o ex-ministro Antonio Palocci  e mais quatro pessoas na Lava Jato. O indiciamento se deu em dois inquéritos, um envolvendo a negociação para a compra do terreno que seria a sede do Instituto Lula e outro envolvendo um apartamento em frente ao que o ex-presidente mora em São Bernardo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Para a PF, os dois casos envolvem pagamentos de propina da Odebrecht para o ex-presidente e, por isso, foram unificados. O petista já foi alvo de quatro denúncias da Procuradoria da República e responde a três ações penais, sendo duas no Distrito Federal e uma na Lava Jato em Curitiba.

    Lula foi indiciado pelo crime de corrupção passiva, enquanto todas as demais pessoas citadas foram indiciadas por lavagem de dinheiro. As investigações são um desdobramento das apurações envolvendo a atuação de Palocci como um dos responsáveis por intermediar os interesses da Odebrecht no governo federal e distribuir propinas ao PT.

    Confira a lista de indiciados:
    Luiz Inácio Lula da Silva – ex-presidente da República
    Marisa Letícia Lula da Silva – ex-primeira-dama
    Antônio Palocci Filho – ex-ministro nos governos Lula e Dilma
    Glaucos da Costa Marques – primo do pecuarista José Carlos Bumlai, já condenado na Lava Jato
    Demerval de Souza Gusmão Filho – Dono da empresa DAG Construtora
    Roberto Teixeira – Advogado do ex-presidente Lula
    Branislav Kontic – Assessor do ex-ministro Palocci

    Em relação ao apartamento em São Bernardo, o imóvel foi alvo de busca e apreensão na 24.ª fase da Lava Jato, intitulada Aletheia, após o síndico do prédio indicar aos policiais federais que o imóvel pertenceria ao ex-presidente.

    O apartamento teria sido comprado por Glaucos da Costa Marques, primo do pecuarista José Carlos Bumlai, e alugado ao ex-presidente Lula, em um contrato celebrado no nome de Marisa Letícia. No entanto, de acordo com a investigação, nunca houve qualquer pagamento por parte do ex-presidente, que utiliza o imóvel, pelo menos, desde 2003.

    Veja.com

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    -Publicidade -spot_img

    Últimas notícias