Início Brasil Taxa alarmante: Brasil encerrou 4 empresas por minuto em 2023

Taxa alarmante: Brasil encerrou 4 empresas por minuto em 2023

0

De acordo com o Mapa de Empresas do governo federal, 2,1 milhões de negócios foram encerrados ao longo do ano

O cenário empresarial brasileiro em 2023 apresentou desafios significativos, refletidos no alarmante número de fechamento de empresas em comparação com o ano anterior. De acordo com o Mapa de Empresas do governo federal, a taxa de fechamento atingiu uma média assustadora de quatro empresas por minuto, totalizando 2,1 milhões de negócios encerrados ao longo do ano. Esse número representa um aumento substancial de 25% em relação a 2022, quando 1,7 milhão de empresas encerraram suas atividades.

Microempresas e empresas de pequeno porte foram particularmente afetadas, com 2.049.622 e 49.631 empresas fechadas, respectivamente. O impacto econômico e social desses fechamentos é imenso, afetando não apenas os proprietários e funcionários, mas também as comunidades onde essas empresas estavam inseridas.

É crucial compreender os motivos por trás desse aumento alarmante no fechamento de empresas. Durante o período de janeiro a novembro de 2023, 670 empresas declararam falência, enquanto outras 1,3 mil entraram com pedido de recuperação judicial, de acordo com dados da Serasa. Esses números destacam os desafios enfrentados pelos empreendedores, incluindo questões financeiras, competitividade de mercado e mudanças regulatórias, entre outros fatores.

No entanto, em meio a esses desafios, surge uma oportunidade para a orientação especializada desempenhar um papel crucial na sobrevivência e no crescimento das empresas. André Minucci, um especialista em empreendedorismo e estratégia empresarial, destaca a importância de buscar uma mentoria para empresa e orientação para evitar o fechamento prematuro de uma empresa.

Minucci enfatiza que os empreendedores devem estar dispostos a aprender e se adaptar constantemente às mudanças do mercado. Ele ressalta que a mentoria pode fornecer insights valiosos, experiências compartilhadas e orientação prática para enfrentar os desafios empresariais com confiança e resiliência.

“Uma das principais vantagens é a oportunidade de receber feedback personalizado e direcionado às necessidades específicas do negócio. Isso pode ajudar os empreendedores a identificar áreas de melhoria, desenvolver estratégias eficazes e tomar decisões informadas para impulsionar o crescimento”, comenta André.

Além disso, para o especialista é importante uma rede de apoio, conectando os empreendedores a uma comunidade de profissionais experientes, parceiros potenciais e além de recursos úteis. Essa rede pode ser inestimável para expandir o alcance do negócio, explorar novas oportunidades de mercado e superar obstáculos comuns enfrentados por muitas empresas.

André destaca ainda a necessidade de uma abordagem proativa. Os empreendedores não devem esperar até que surjam problemas sérios para buscar orientação, mas sim incorporar a mentoria como parte integrante de sua estratégia desde o início. Isso permite uma abordagem preventiva, ajudando a evitar armadilhas comuns e maximizar as chances de sucesso a longo prazo.

O aumento significativo no fechamento de empresas no Brasil em 2023 destaca os desafios enfrentados pelos empreendedores em um ambiente econômico dinâmico e competitivo. “A busca ativa pelo conhecimento pode ser um diferencial entre o fracasso e o sucesso empresarial, capacitando os empreendedores a enfrentar os desafios com confiança, determinação e visão de futuro”, comenta.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile